Arquivo do blog

domingo, 12 de setembro de 2021

Serro MG. Parte IV Final.

E mais e mais gente chegou, o povoado cresceu e em 1714, o arraial foi elevado à Vila do Príncipe. Mais tarde, além de ouro, os mineradores descobriram lavras de diamantes na região onde estão Milho Verde, São Gonçalo do Rio das Pedras e Diamantina.







Para defender os interesses do império, em 1720 é criada a grande comarca de Serro Frio, desmembrada de Sabará, que passa a ser a maior comarca das Minas, sediada na Vila do Príncipe e abrangendo uma grande parte o então arraial do Tijuco, hoje Diamantina e todo o nordeste do estado.







Muitas foram as restrições impostas à exploração de ouro na comarca, após o descobrimento dos diamantes. Em 1725 é determinada a criação da Casa da Fundição para onde toda a produção aurífera da região passaria a ser encaminhada.






Mas apesar de todas as regras impostas, muitos aventureiros ganharam contrabandeando ouro e diamante da região. A vila também a difundir cultura e civilização para a região.








Uma leva de exploradores, artistas, políticos e religiosos passa então a povoar o local, com destaque para os nomes como os de Mestre Valentim Fonseca e Silva e o Maestro Lobo de Mesquita. As minas foram exaustivamente exploradas durante quase cem anos.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Serro#Hist%C3%B3ria

22 comentários:

  1. Portugal também beneficiou desse ouro. Ao longo do reinado de D. João V. chegaram a Portugal carregamentos de ouro e diamantes extraídos no Brasil.
    Um abraço e um bom resto de domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os reis portugueses recolhiam o quinto da produção ou seja 20%
      e representava o imposto, sendo que os reis tinham as despesas de administração, dos exércitos, da construção de navios e fortalezas, e forneciam rendas aos mosteiros, conventos e igrejas que por sua vez tratavam do ensino, do tratamentos dos doentes e dos idosos e dos órfãos, das festas das comunidades, dos registos, dos artistas, etc. um grande trabalho social quando não havia ministérios como hoje!
      os 80% eram gastos no Brasil e contribuíam para o desenvolvimento das comunidades
      portanto quando há muitas igrejas num local, queria dizer que esse local era rico e organizado!

      li algures que hoje o Brasil extraí cerca de 90 toneladas de ouro por ano...

      Excluir
  2. Preciosas vistas nocturnas, me han gustado muchísimo.Saludos

    ResponderExcluir
  3. Gostei imenso de conhecer o lugar, ainda que virtualmente.
    Abraço e boa semana
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  4. Como o Brasil foi explorado nesta época!
    Bonito mesmo é esses casarões preservados.

    Beijos nas bochechas!
    Boa semana! 😘🌺

    ResponderExcluir
  5. Realmente, um lugar muito gracioso e literalmente, muito precioso também!!!
    Belas fotos, Luiz! Gostei muito de ver!
    Um abraço e boa semana, amigo
    Valéria

    ResponderExcluir
  6. I do like the night-time views.

    All the best Jan

    ResponderExcluir
  7. Bella cuidad en la noche. Te mando un beso

    ResponderExcluir
  8. O casario é lindíssimo.
    Abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  9. Me encantan también las imágenes nocturnas... Abrazo grande!!

    ResponderExcluir
  10. Interesante, también con esa luz nocturna

    Un abrazo, y buena semana

    ResponderExcluir
  11. Como costuma dizer-se é a maldição das matérias primas.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  12. Dear friend! Photos you shared are beautiful. That willage you mentioned in the post with historical buildings looks really interesting. We still watch documentary that about "Gold mine issue" for the Brasil but not sure whether it is correct or not, have a wonderful new week.

    ResponderExcluir
  13. Oi Luiz,

    Sim, a exploração do ouro e as diversas pedras preciosas foi muito grande em Minas.

    Respondendo sua pergunta, sou da cidade de Almenara. Lá temos o Rio Jequitinhonha, por isso o Vale do Jequitinhonha. O rio foi amplamente explorado e hoje lidamos com as consequências e deterioração do mesmo.

    Minas têm regiões muito bonitas para visitar. Esses casarões são belíssimos e guardam muita história.

    Obrigada por partilhar tanto conhecimento!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Estão fantásticas estas imagens nocturnas, sobre um local, que irei conhecer em sentido inverso... visto que comecei agora pela última postagem... e passarei às anteriores!
    Excelente suporte informativo, como sempre, Luiz!
    Um grande abraço! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Adoro Minas Gerais. Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. A noite é mágica neste local . Os carros modernos deveriam ser proibidos nestes locais .
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Boa noite Luiz.
    Imagens noturnas interessantes.

    Uma excelente semana.
    Abraço

    ResponderExcluir
  18. Boa noite meus amigos queridos. É a primeira vez que postei fotos de noite. A iluminação atrapalha um pouco, mas nos dá uma noção da cidade de Serro de noite.

    ResponderExcluir

Oi obrigado pelas suas mensagens. Seja bem-vindo. Sou grato a todos que deixaram seus comentários e mensagens. Novos amigos são bem vindos. Não existe distância para amigos de verdade. Desejo a todos, muita saúde nesse tempo difícil e complicado. Tudo isso terminará um dia.