Arquivo do blog

quarta-feira, 28 de setembro de 2022

Paraty RJ. Parte III.

O primeiro registro escrito sobre a região da atual Paraty é o livro do mercenário alemão Hans Staden, "História verdadeira e descrição de um país de selvagens..." (Marburgo, 1557), que narra a estadia deste por quase um ano em aldeias Tupinambás nas regiões de Paraty e de Angra dos Reis.








Embora alguns autores pretendam que a fundação de Paraty remonte à primeira metade do século XVI, quando de passagem da expedição de Martim Afonso de Sousa, a primeira notícia, que se tem do povoado é da passagem da expedição de Martim Correia de Sá, em 1557. À época, a região encontrva-se compreendida na Capitania de São Vicente.








O núcleo de povoamento europeu iniciou-se no morro situado à margem do rio Perequê-Açu (depois Morro da Vila Velha, atual Morro do Forte). A primeira construção de que se tem notícia é a de uma capela, sob a invocação de São Roque, então padroeiro da povoação, na encosta do morro.








O aldeamento dos Guaianás localizava-se à beira-mar. Em 1636, Maria José Jácome de Melo fez a doação de uma sesmaria na área situada entre os rios Perequê-aço e Patitiba (atual rio Mateus Nunes) para a instalação do povoado que crescia, com as condições de que os indígenas locais não fossem molestados e de que fosse erigida uma nova capela, sob a invocação de Nossa Senhora dos Remédios. Essa sesmaria corresponde à região do atual Centro Histórico da Cidade.

Fonte: www.wikipedia.org Paraty

23 comentários:

  1. Muchas cosas bonitas para llevar de recuerdo.Saludos

    ResponderExcluir
  2. Nice gifts, I always enjoy gift shops :-D

    ResponderExcluir
  3. Ciekawe miejsce i pięknie je pokazałeś. Miłego tygodnia😊

    ResponderExcluir
  4. WoW many different and beautiful items ! Hope city center of Paraty still keep its historical view.

    ResponderExcluir
  5. Muito interessante como sempre querido amigo
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Looks like an interesting place to visit. Lots to see.

    ResponderExcluir
  7. Luiz wonderful are the things in the pictures! Luiz I salute you!

    ResponderExcluir
  8. So many local crafts are on sale. Great series

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Luiz,

    Está mais que confirmado que há muita coisa interessante pra se ver em Paraty.

    P.S: acredito que houve um equívoco, talvez o dedo tenha escorregado no teclado, na digitação da data da expedição de Martim Correia de Sá.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado minha querida amiga Marly. Já corrigi. 400 anos a mais kkkk. Obrigado.

      Excluir
  10. I love these unique and seemingly handcrafted gifts, Luiz, that reflect the heritage of this part of the country. Wow! You certainly make Brazil look like the go-to place for tourists!

    ResponderExcluir
  11. The shipping theme is very appropriate.

    ResponderExcluir
  12. Não posso ir aí.
    Vou ter de comprar outra mala de certeza.

    ResponderExcluir
  13. Preciosa exposición y muy bella artesanía. Gracias por compartir amigo.
    Un fuerte abrazo Luiz.

    ResponderExcluir
  14. Hello. Photos look so nice. Thanks for your sharing 😊

    ResponderExcluir
  15. Adorei os itens de artesanato. Um mais lindo que o outro.

    Boa semana!

    O JOVEM JORNALISTA está no ar com muitos posts interessantes. Não deixe de conferir!

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  16. Un museu ple de coses boniques i molt ben endreçat, segur que fa de bon mirar totes les peces...
    Bona nit, amic Luiz !

    ResponderExcluir
  17. I love this shop. So many nice things.

    ResponderExcluir
  18. Os artistas de Paraty são excelentes profissionais. Difícil escolher o artesanato mas bonito. Obrigado pela visita e carinho.

    ResponderExcluir

Oi obrigado pelas suas mensagens. Seja bem-vindo. Sou grato a todos que deixaram seus comentários e mensagens. Novos amigos são bem vindos. Não existe distância para amigos de verdade. Desejo a todos, muita saúde nesse tempo difícil e complicado. Tudo isso terminará um dia.