Arquivo do blog

segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Convento do Carmo. Rio de Janeiro RJ.

Um dos prédios mais antigos do Rio de Janeiro, o Convento do Carmo (1620), na Praça XV, virou um Centro Cultural. Construída por frades carmelitas, a edificação via a cidade crescer, mas estava abandonada há décadas quando foi iniciada a reforma que abre espaço também para um restaurante, uma biblioteca e salas de aula.






A história do Convento do Carmo começou com Frei Pedro Viana, que, após fundar o Convento do Carmo dos Santos, veio com outros carmelitas para o Rio de Janeiro em 1589. Nessa data, receberam da Câmara a Capela de Nossa Senhora do Ó, localizada perto da praia, que converteram em Capela da Ordem do Carmo






Em 1611, receberam o terreno contíguo à capela, no qual começaram a construir o convento a partir de 1619. O convento teve de ser reformado algumas vezes na época colonial. A partir de 1761, a capela de ordem foi reconstruída.






Em 1808, com a chegada do Príncipe-regente Dom João VI e da corte portuguesa, o Convento do Carmo foi confiscado e aí foi alojada a Rainha Maria I de Portugal, local onde ela passou os últimos 8 anos de sua vida. No convento também se instalou o Real Gabinete de Física e o depósito do Palácio.






Em 1810 instalou-se a Real Biblioteca no terreno do convento, num edifício pertencente à Ordem Terceira do Carmo. Os livros da biblioteca, vindos de Portugal, foram o embrião da Biblioteca Nacional do Brasil. Entre 1840 e 1896, o convento abrigou o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. Em 1906, a fachada do convento foi redecorada em estilo eclético, alterações que foram retiradas em 1960, quando o edifício foi restaurado e tombado pelo IPHAN.

Fontes: www.vejario.abril.com.br

www.wikipedia.org Convento do Carmo

22 comentários:

  1. Um convento que me parece ser deslumbrante. Lindas fotos.
    .
    Abraço poético – Feliz feriado (Portugal)
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Qué bella sala con tan coloridas expresivas pinturas llenas de historia viva!!

    Abrazo até lá!!

    ResponderExcluir
  3. A magnificent building. It’s age means that it has witnessed much of history.
    I salute you and I wish you a happy week!

    ResponderExcluir
  4. Siempre gracias por tus publicaciones.Cariños.

    ResponderExcluir
  5. Preciosa la sala de exposiciones.Saludos

    ResponderExcluir
  6. Vaya que eso si es saber aprovechar una edificación historia, para que no se pierda la memoria, y se convierta en centro de la expansión artística y cultural. UN abrazo. carlos

    ResponderExcluir
  7. Perfect that the old convent buildings were preserved and renovated for new uses. The National Library of Brazil and the Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro were great choices.

    ResponderExcluir
  8. Un edificio que contrasta con los de su entorno por altura y arquitectura.
    Supongo que las obras de arte que nos muestras están expuestas en este edificio.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  9. Grazie per lo splendido racconto e le bellissime foto

    ResponderExcluir
  10. Espetacular Convento do Carmo ,arquitetura e obras de arte

    ResponderExcluir
  11. The building looks lovely, and so do the art works displayed in the interior.

    ResponderExcluir
  12. Um espaço que ganhou uma nova vida.
    Aplaudo.

    ResponderExcluir
  13. Bela apresentação Luís e muito bom o uso deste Convento. Em Salvador tem um no mesmo estilo e com certa conservação.
    Uma semana de belos olhares e partilhas amigo.
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Qué convento transformado tan bonito. Una exposición que llama la atención.

    Un abrazo, Luiz

    ResponderExcluir
  15. Muito bom manter preservada a história do país!

    Luiz, tenha uma linda semana.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Lembra mesmo Portugal! E a exposição linda!!
    Boa semana Luiz!

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  17. O Convento do Carmo faz parte da história do Brasil e ao mesmo tempo de Portugal. Obrigado pela visita e comentários.

    ResponderExcluir
  18. Que bom, constatar que o edifício ganhou uma nova vida!
    Mais uma publicação de profundo interesse histórico e cultural!
    Um grande abraço!
    Ana

    ResponderExcluir

Oi obrigado pelas suas mensagens. Seja bem-vindo. Sou grato a todos que deixaram seus comentários e mensagens. Novos amigos são bem vindos. Não existe distância para amigos de verdade. Desejo a todos, muita saúde nesse tempo difícil e complicado. Tudo isso terminará um dia.