Arquivo do blog

domingo, 26 de junho de 2022

Itabira MG. Parte I.

A região começou a ser desbravada no final do século XVII, porém foi somente no decorrer do século XVIII que ocorreu um povoamento do lugar, após a descoberta de ouro nas montanhas itabiranas. Entre o final do século XVIII e começo do século XIX, a mineração do ouro entrou em declínio, porém ao mesmo tempo a exploração do ferro começava a ganhar impulso, surgindo então as primeiras forjas.

Museu de Itabira.






Ao longo do século XX várias empresas vêm para Itabira atraídas pelas reservas ferríferas, e em 1942 é criada a Vale S.A. (Antiga Companhia Vale do Rio Doce), dando início à exploração do minério de ferro em grande escala e um novo período de desenvolvimento social, econômico e estrutural em Itabira.






Além de se revelar no setor de exploração mineral, Itabira também se destaca por ser a terra natal de Carlos Drummond de Andrade, contista, cronista e poeta modernista que se inspirou em sua cidade-natal para algumas de suas obras.






Também há uma série de atrativos naturais, tais como a Mata do Limoeiro, a Pedra da Igreja, a Serra do Bicudo e a Serra dos Alves, além das cachoeiras dos Cristais, do Campo, da Boa Vista, do Limoeiro e do Meio.






Sebastião da Rocha Pita, em sua obra História da América Portuguesa, descreve a "descoberta" da região como ocorrida em 1698. Porém o território ocupado pelo atual município de Itabira começou a ser de fato povoado no decorrer do século XVIII, após dois mineradores (os irmãos Francisco e Salvador Faria de Albernaz) encontrem ouro nos ribeiros que desciam pela encosta de um morro, no ano de 1720.






Francisco e Salvador Faria de Albernaz eram paulistas descendentes de bandeirantes e estavam em busca de escravos, tendo se afixado nos arredores do dito morro e por bastante tempo aproveitaram sozinhos as minas descobertas.

Fonte: www.wikipedia.org Itabira

25 comentários:

  1. Conheci Itabira pelas pesquisas que fiz na busca das raízes
    de Drummond de Andrade para o meu blogue. Gostei de saber.
    Também é cidade natal de António Tomás dos Reis, o Toninho.
    Amigo e estimado Luiz, tenha um domingo bom e feliz.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  2. Olá: - Mais uma bela aula de história brasileira. Bonitas fotos.
    .
    Cumprimentos e um domingo feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  3. Beautiful museum with lots of history. Thanks for sharing, Luiz and have a wonderful day.

    ResponderExcluir
  4. Luiz I thank you for the next journey in wonderful Brazil! My good friend I greet you from hot Poland!

    ResponderExcluir
  5. Metal mining (of gold and iron) brings about employment and economic development of the area of the explorations.
    I'm sure the museum in Itabira is rich in exhibits from that period.

    ResponderExcluir
  6. Itabira (na língua tupi "Pedra que brilha") cidade vizinha da minha que eu bem conheço. Belas imagens numa reportagem de grande valor histórico.
    Um abraço amigo Luiz

    ResponderExcluir
  7. Preciosas fotos, una vez más
    Gracias por compartir ♥

    ResponderExcluir
  8. Mais um lindo ,rico e cheio de história do Brasil .Obrigado mesmo!

    ResponderExcluir
  9. There is so much history and beauty there.

    ResponderExcluir
  10. O Brasil e suas ricas histórias. Boa nova semana

    ResponderExcluir
  11. Eu esperava achar referência ao Carlos Drummond de Andrade neste post... e achei! rsrs.
    "Alguns anos vivi em Itabira.
    Principalmente nasci em Itabira.
    Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro..." disse o poeta itabirano.

    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Ya puedo avisorar otra importante serie, esta vez sobre Itabira, tierra de Carlos Drummond de Andrade, portento de la poesís y literatura brasileira...

    Abrazo até lá.

    ResponderExcluir
  13. A memória do garimpo.
    Abraço, boa semana

    ResponderExcluir
  14. I was examing a gold rush city in Australia today and looking at the gold museum etc. Your timing is perfect :) I hope the Itabira Museum has plenty of relics and documents from the gold mining days, before iron.

    ResponderExcluir
  15. As suas imagens e as legendas são uma lição de História.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  16. Meu Deus, é de ficar abismado ao ver tamanhas distâncias que essa gente antiga percorria, a história diante dos nossos olhos,
    na imensidão do território brasileiro

    ResponderExcluir
  17. Отличный музей! Спасибо, Луиз!

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde meus queridos amigos. Fico feliz em mostrar um pouco sobre a história de Itabira. Ainda quero ir ao distrito de Ipoema.

    ResponderExcluir

Oi obrigado pelas suas mensagens. Seja bem-vindo. Sou grato a todos que deixaram seus comentários e mensagens. Novos amigos são bem vindos. Não existe distância para amigos de verdade. Desejo a todos, muita saúde nesse tempo difícil e complicado. Tudo isso terminará um dia.