Arquivo do blog

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Sabará MG.

"Sabará" é a forma abreviada do termo tupi tesáberadusu, que significa "grandes olhos brilhantes" (tesá, olho + berab, brilhante + usu, grande), numa referência às pepitas de ouro que foram encontradas na região. Sabará tem origem num arraial de bandeirantes que apareceu no fim do século XVII.


Igreja de Nossa Senhora do Carmo.





O povoado cresceu e foi elevada a freguesia em 1707, que foi elevada a vila e município em 1711, como o nome de Vila Real de Nossa Senhora da Conceição de Sabará. É cidade desde 1838 e deu origem a mais de 400 cidades do estado de Minas Gerais, a área territorial do antigo município de Sabará fazia divisa com os estados de São Paulo, Goiás, Bahia e Espírito Santo.






O princípio da história de Sabará está ligado à descoberta de ouro na região, então conhecida como Sabarabuçu, em finais do século XVII e à presença de Borba Gato, que ali permaneceu após a morte de Fernão Dias e que veio a ser o primeiro guarda-mor.

Chafariz do Kaquende.




Igreja de Nossa Senhora do Ó.



Predomina, hoje, a versão de que, quando o bandeirante paulista lá chegou, já encontrou uma povoação e que o núcleo urbano por ele criado foi, na verdade, Santo Antônio do Bom Retiro da Roça Grande, que está um pouco antes da entrada de Sabará, do outro lado do Rio das Velhas.


Igreja de Nossa Senhora das Mercês.





A origem do nome é bastante controvertida. O viajante inglês Richard Burton ouviu, em 1867, que ele teria sido tomado de um velho pajé, que ali viveu em tempos remotos. Outro viajante, o sábio francês Saint-Hilaire, também dá uma versão pouco consistente, misturando corruptelas de termos indígenas.






Segundo o historiador mineiro Diogo de Vasconcelos, o nome tem a ver com as particularidades da junção de um rio menor com um rio maior, como ocorre no sítio em que a cidade foi criada, onde o ribeirão Sabará deságua no Rio das Velhas.


Chafariz do Rosário.





Isso é bem mais aceitável, sabedores que somos de que os índios brasileiros das mais diversas nações sempre identificavam os acidentes geográficos compondo nomes, conforme a figuração ou ideia concreta ou abstrata que tais acidentes sugeriam. Sabará foi elevada foi elevada a categoria de vila por Antônio de Albuquerque, logo após o fim da Guerra dos Emboabas, juntamente com o Ribeirão do Carmo (atual Mariana) e Vila Rica (atual Ouro Preto).

Fonte: www.wikipedia.org Sabará

17 comentários:

  1. Bom dia Luiz,
    Muito interessante tudo o que nos relata sobre essa região linda e com tanta história.
    Algumas construções e chafarizes continuam a chamar-me a atenção pela semelhança com os existentes em Portugal.
    Beijinhos e continuação de boa semana.
    Ailime

    ResponderExcluir
  2. Una bonita arquitectura, me ha encantado este paseo.Besicos

    ResponderExcluir
  3. Regularmente los pueblos derivan sus nombres por el paisaje y las características del lugar donde se forman como asentamientos demográficos como lo expresas en tu entrada, de este lugar en Mina gerais, donde los colonos concurrieron atraídos por el metal dorado.
    Un abrazo. carlos

    ResponderExcluir
  4. Oi,
    Lindas histórias e lugares que parecem cópias uns dos outros e das igrejas portuguesas!
    Boa tarde!

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  5. Beautiful churches and photos. Have a wonderful day, Luiz.

    ResponderExcluir
  6. Cuánta historia!!... Afortunadamente estás vos, amigo, para preservarla y difundirla...

    Abrazo hasta allá.

    ResponderExcluir
  7. Very interesting information! Luiz I greet you from the hot, tropical today Poland!

    ResponderExcluir
  8. appreciation for sharing Luiz !!! we are on a pC today, happy to see this post. the churches are beautiful and the lions are as well. happy week end my friend ♥

    ResponderExcluir
  9. Boa noite, Luiz,

    Post interessante, a gente sempre acaba descobrindo uma ou outra particularidade dessas cidades mineiras. O que parece ser comum a todas era a presença do ouro no solo.

    Abraço e bom fim de semana









    ResponderExcluir
  10. Luiz, you share the most interesting and beautiful things. Thank you.

    ResponderExcluir
  11. Parece cenário de novela.
    Abraço, bfds

    ResponderExcluir
  12. Какие красивые в Бразилии церкви!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia. Obrigado pela visita e comentários sobre Sabará. Um lugar histórico e cultural.

    ResponderExcluir
  14. Muito ouro e muito sangue correram nesses rios...
    Tudo de bom, amigo Luiz.
    ~~~~~~~

    ResponderExcluir
  15. Las casas y las iglesias se ven preciosas, me gustan mucho. Besos.

    ResponderExcluir

Oi obrigado pelas suas mensagens. Seja bem-vindo. Sou grato a todos que deixaram seus comentários e mensagens. Novos amigos são bem vindos. Não existe distância para amigos de verdade. Desejo a todos, muita saúde nesse tempo difícil e complicado. Tudo isso terminará um dia.